7 dicas para evitar infecções e alergias nos olhos | Oftalmo Centro

Style Sampler

Layout Style

Patterns for Boxed Mode

Backgrounds for Boxed Mode

All fields are required.

Close Appointment form

7 dicas para evitar infecções e alergias nos olhos

7 dicas para evitar infecções e alergias nos olhos

Como qualquer parte do corpo, os olhos precisam de cuidados diários. Com o uso constante de celulares e computadores é ainda mais importante prestar atenção nessa área para evitar a síndrome do olho seco, cansaço ocular e dores de cabeça. Consultas de rotina ao oftalmologista também são importantes, mesmo para quem não utiliza óculos, para evitar alergias e infecções na região ocular.

É necessário cultivar alguns hábitos para prevenir e evitar problemas com os olhos:

  1. Higienize os olhos: é importante limpar a região dos cílios e pálpebra diariamente. Para isso, é possível usar soluções específicas ou xampu neutro diluído em água morna. A limpeza dessa área evita que os olhos criem uma oleosidade excessiva e, com isso, não permite a obstrução das glândulas e nem que o olho fique seco pela evaporação das lágrimas.
  2. Não durma de maquiagem: quando a maquiagem não é removida corretamente, ela pode causar a obstrução das glândulas da margem palpebral. Isso pode causar inflamação local e irritação, aumentando o risco de alergias e inflamações.  
  3. Lave as mãos: As mãos são as principais condutoras de vírus e bactérias para os olhos. Lavar as mãos e evitar evitar que elas entrem em contato com os olhos são medidas importantes para prevenir doenças.
  4. Não use colírio sem prescrição médica: os colírios são remédios e não devem ser utilizados sem o acompanhamento de um profissional. Apesar do colírio poder aliviar alguns sintomas, algumas vezes ele não está tratando o problema específico, podendo proporcionar  o efeito contrário. Os lubrificantes oculares ou lágrimas artificiais podem ser usados no dia a dia. Opte preferencialmente pelos sem conservantes.
  5. Não compartilhe objetos pessoais: doenças como conjuntivites virais e bacterianas podem ser transmitidas através do compartilhamento de objetos pessoais. Evite utilizar toalhas de rosto, maquiagem e até colírios para não favorecer o surgimento de problemas na região ocular.
  6. Realize consultas periódicas: Para garantir a saúde dos olhos é importante detectar com antecedência doenças como catarata ou glaucoma. Por isso, o ideal é realizar de rotina de visita ao médico 1 vez por ano, para garantir um bom acompanhamento da saúde visual.
  7. Não use óculos de grau de outras pessoas: óculos de grau devem ser utilizados de forma individual para não transmitir problemas para outras pessoas. Comprar óculos em lugares não confiáveis pode também não ser uma boa ideia, pois a graduação pode não ser a correta e ainda pode causar sintomas como o cansaço dos olhos e a necessidade de realizar mais esforço para focar. As dicas servem também para os óculos de sol, que devem ser comprados no local adequado para que apresente a melhor proteção para os dias de sol.

As dicas listadas acima são simples e devem ser aplicadas diariamente. Elas podem evitar diversos problemas, dificuldades e até doenças na região ocular. Consulte um oftalmologista pelo menos uma vez ao ano para verificar a saúde dos seus olhos.

2
  • Compartilhar

About the author

Administrador