Ceratocone | Oftalmo Centro

Style Sampler

Layout Style

Patterns for Boxed Mode

Backgrounds for Boxed Mode

All fields are required.

Close Appointment form

Ceratocone

Ceratocone

Você já ouviu falar em ceratocone? Essa é uma enfermidade que faz com que a córnea (camada fina e transparente que recobre toda a frente do globo ocular) se projete para a frente, formando uma saliência em formato de cone. Esse tipo de distúrbio é chamado de distrofia contínua e progressiva, que é exatamente esse afinamento central ou paracentral do olho e pode levar ao comprometimento da visão. O defeito do ceratocone impede a projeção de imagens nítidas na retina e pode promover o desenvolvimento de grau elevado de astigmatismo irregular e miopia. 

Essa condição é rara e pode ser encontrada em diferentes partes do mundo, entre todas as pessoas. Normalmente, ela se manifesta na puberdade, entre os 13 e os 18 anos e progride por aproximadamente 6 a 8 anos e, depois, tende a permanecer estável. 

Ainda não se conhece a causa exata da doença. As alterações na superfície da córnea podem ser, possivelmente, resultado de inúmeros fatores que contribuem para a perda de elementos estruturais dessa membrana que pode surgir até com o ato de esfregar ou coçar os olhos com frequência. Além disso, o ceratocone pode estar associado a outras doenças, como síndromes de Down, Turner, Ehlers-Danlos e Marfan. 

Entre os sintomas, o paciente pode notar mudanças frequentes na prescrição de óculos ou diminuição na tolerância ao uso de lentes de contato. Além disso, quem sofre do problema pode apresentar:

 

  • Sensibilidade à luz (fotofobia);
  • Comprometimento da visão noturna;
  • Visão dupla (diplopia);
  • Formação de múltiplas imagens de um mesmo objeto (poliopia) ou de halos ao redor das fontes de luz são outros sintomas da doença.

 

Nas fases iniciais, o tratamento costuma ser feito apenas com o uso do óculos de grau. Porém, quando a deformação da córnea fica mais grave, os óculos precisam ser substituídos por lentes de contato para ajustar a superfície anterior da córnea e a corrigir o astigmatismo irregular provocado pela deformidade. 

O crosslinking é uma outra forma de tratamento que tem como objetivo fortalecer as moléculas de colágeno da córnea para evitar que ela continue abaulando. Essa técnica consiste em raspar a superfície da córnea e depois aplicar um colírio à base de vitamina B2 e, logo depois, um feixe de luz ultravioleta. O procedimento costuma ser rápido, realizado sob anestesia local e não exige internação hospitalar.

Ainda não se conhecem maneiras de prevenir o aparecimento da doença, mas é recomendado que crianças e adolescentes consultem regularmente o oftalmologista, principalmente se tiverem casos ceratocone na família.

  • Compartilhar

About the author

Administrador