Uso excessivo de colírio traz riscos à saúde ocular | Oftalmo Centro

Style Sampler

Layout Style

Patterns for Boxed Mode

Backgrounds for Boxed Mode

All fields are required.

Close Appointment form

Uso excessivo de colírio traz riscos à saúde ocular

Uso excessivo de colírio traz riscos à saúde ocular

Sintomas como desconforto, coceira ou irritação na região ocular são considerados comuns entre as pessoas. O problema é que muitos acabam usando colírios sem prescrição médica. Mas você sabia que atitudes como essas podem afetar a sua visão?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é um dos maiores consumidores de remédio do mundo. E parte dessa posição se deve ao uso elevado de colírios. Os danos causados variam de acordo com o colírio utilizado, mas vão desde vermelhidão sem cura ao desenvolvimento de glaucoma ou catarata precoce.

Um dos motivos para que o uso do colírio seja expressivo é porque, muitos deles, podem ser comprados sem receita médica. Mas saiba que o uso indevido de colírios pode levar ao desenvolvimento de doenças do sistema ocular, como por exemplo, o glaucoma e a catarata.

Tipos de colírio:

Anestésicos;
Antialérgicos;
Lubrificantes;
Vasoconstritores;
Anti-inflamatórios.

Entre os mais vendidos, os colírios vasoconstritores são usados para eliminar a vermelhidão dos olhos. Esse tipo de colírio costuma agir rapidamente. Porém, o uso em excesso pode acabar com a elasticidade dos vasos, deixando os olhos permanentemente vermelhos.

Já os colírios com corticóide em sua fórmula, podem provocar alterações e danos na estrutura do olho, aumentando a pressão ocular ou causando catarata, o que pode levar até a cegueira.

No entanto, existem outros cuidados muito importantes que devem ser levados em conta antes da utilização de um colírio. Entre eles, o de lavar bem as mãos antes da aplicação.As mãos possuem muitas bactérias que podem contaminar os seus olhos e causar uma infecção. Além disso, evite tocar o frasco diretamente nos olhos. Essa também é uma atitude que pode transmitir bactérias para a região ocular.

Caso você perceba qualquer incômodo ou mudança nos olhos, busque um especialista. Além disso, é indicado que todo mundo faça, pelo menos, uma consulta ao oftalmologista por ano. Muito problemas relacionados à visão podem ser evitados com consultas regulares e exames de rotina.

  • Compartilhar

About the author

Administrador